Os chineses invadem a Europa, Irlanda do Norte, Croácia e Islândia, impulsionados pela série ‘Game of Thornes’ a série do canal norte-americano HBO.

Trata-se de um fluxo de turistas pouco visto antes para estes países, informaram as agências de viagens chinesas e a Sputnik China revela que esta nova tendência  deve-se ao interesse dos espectadores pela série televisa ‘Games of Thrones’ filmada nesses países.

Para a agência de viagens chinesa Ctrip, o número de turistas que compraram pacotes de viagem para a Croácia durante o primeiro semestre de 2017 aumentou 300% em comparação com o ano passado, enquanto o número de reservas para a Irlanda aumentou 154%.

Os jovens são a maioria dos turistas desejosos de visitar as paisagens e ruinas mostradas na série. São tanto dos anos 90, 80 e até mesmo do início deste milénio.

Não é insólita esta invasão chinesa. A comédia popular chinesa de 2012 "Perdidos na Tailândia" gerou um grande fluxo de turistas chineses ao país, fazendo com que a China se tornasse a principal fonte turística para a Tailândia nesse ano.

"Os lugares onde foram gravados alguns filmes bem-sucedidos atraem turistas de muitos países, especialmente da China. Por exemplo, o resort tailandês Phuket. Na ilha, foi filmado um dos filmes de James Bond e o local transformou-se depois em atracção turística. Na década de 90, Zhang Xianliang dirigiu um filme interessante sobre o noroeste da China, e os turistas dominaram os lugares da filmagem. Não ficaria surpreendido se depois do sucesso do filme Wolf Warriors 2, gravado na África, os nossos turistas fossem em massa para esse continente", disse o famoso produtor cinematográfico chinês Wu Jiang.

Ele destacou que a mesma tendência é comum entre os chineses mais velhos, que assistiram aos filmes soviéticos como ‘O Encouraçado Potemkin’ ou ‘Lenin em Outubro’ e mostraram interesse pelos lugares onde esses filmes foram gravados.

"Eles vão a São Petersburgo para visitar um cruzador Aurora, porque viram esse navio nos filmes. Eles chegam aos portões principais do Palácio de Inverno porque lembram que os operários e os militares os invadiram nos filmes", explicou Wu Jiang.

Com Sputnik.

 

MONUMENTOS & SÍTIOS


30 January 2017 Monumentos & Sítios 108
A empresa municipal ‘Serviço Autónomo do Turismo’ foi criada com a missão de gerir o circuito turístico da Cidade Velha, Património da Humanidade, afirmou o Presidente da Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago, Manuel de Pina.
12 February 2017 Monumentos & Sítios 115
A Cidade Velha (localizada em Cabo Verde) foi declarada Patrimônio Mundial da Humanidade no dia 26 de junho de 2009, numa decisão da UNESCO, órgão da União das Nações Unidas (ONU) que cuida da educação e da cultura.
12 February 2017 Monumentos & Sítios 124
E, dois anos mais tarde, foi lá criada a primeira cidade do mundo construída por europeus nos trópicos, mais precisamente por Portugal, tornando-se a primeira capital do arquipélago, título que ostentou até 1770, quando se deu a passagem oficial para a Praia de Santa Maria, a atual Cidade da Praia.

CABO VERDE


Cabo Verde , é um país insular localizado num arquipélago formado por dez ilhas vulcânicas na região central do Oceano Atlântico. A cerca de 570 quilómetros da costa da África Ocidental, as ilhas cobrem uma área total de pouco mais de 4.000 quilómetros quadrados.
Cachupa é um prato típico da gastronomia de Cabo Verde. Distingue-se entre Cachupa Rica (elaborada com vários tipos de carne), e Cachupa Pobre (feita apenas com peixe). A distinção entre os tipos de Cachupa tem a ver com o facto de a Rica conter carne, o que torna o prato mais caro, e apenas acessível à população com mais meios.
As ilhas de Cabo Verde são um destino único e inesquecível. Abençoadas pelo Sol durante todo o ano, têm na Música e na Cultura um ritual que faz parte do dia a dia dos habitantes, enquanto envolvem o visitante na incomparável mística do Arquipélago.

REDE VERDE

Negar mudanças climáticas é atitude perversa diz Papa Francisco

O Papa Francisco enviou uma mensagem a COP23 onde realça que as mudanças climáticas são um dos piores fenómenos que a humanidade testemunha e pede colaboração entre líderes mundiais.

REDE NEGÓCIOS

Empresários cabo-verdianos querem internacionalizar seus negócios

Empresários, empreendedores, administradores, gestores, quadros técnicos e consultores participam, em Outubro, numa formação sobre “Preparação e estratégia para internacionalização”, promovida pela Câmara de Comércio do Barlavento (CCB).

REDE SAÚDE

África Avanza em cooperação prática e sucedida com hospital do Sal

África Avanza faz a sua XXV missão na ilha cabo-verdiana do Sal com o projecto “Médicos solidários para com Cabo Verde”. Desde sexta-feira, 20 de Outubro, um ginecologista, um cirurgião, um farmacêutico e um membro da Organização cumprem a missão que termina a 29 de Outubro.

ARTIGOS DE OPINIÃO

África sem Mandela - Um monólogo de Corsino Tolentino

Como falar da dimensão simbólica de Nelson Mandela, nascido no dia 18 de Julho de 1918 e falecido no dia 5 de Dezembro de 2013, 95 anos depois?

EDITORIAL

Viajar no tempo das máquinas de escrever com Overtype

Overtype é um site que simula a utilização de uma máquina de escrever dos tempos idos num moderno computador. 

ENTREVISTA

Notável clarinetista cabo-verdiano de nome Cesário Duarte "Cesário Boca"

Compôs uma música em tributo a um compadre. Na hora “H” muda o refrão, coloca seu nome por receio à zanga do compadre.