Com 80% da produção total, produtoras de energia solar e eólica promovem expansão das fontes renováveis. A Europa ficou para trás no crescimento dessas energias e a China assume a liderança entre países.

O director-geral da Agência Internacional para as Energias Renováveis (Irena), Adnan Z. Amin, disse na apresentação do relatório ‘Renewable Capacity Statistic 2017’, em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, que "estamos testemunhando uma transformação global da energia. Isso se reflecte novamente num novo ano recorde na geração de energias renováveis."

O documento apresenta o desenvolvimento das energias renováveis desde 2007 em mais de 200 países e quantas fábricas de fontes hidráulica, solar, eólica e de biomassa foram construídas e suas respectivas capacidades.

Energia solar ganha dianteira à eólica

Em todo o mundo, foram construídas em 2016 fábricas de energia limpa com a capacidade total de 161 gigawatts (GW), segundo a Irena. Isso corresponde à capacidade instalada de cerca de 161 fábricas nucleares ou de carvão de grande porte.

Em termos de geração de energia, as instalações solares estão, pela primeira vez, à frente das eólicas, tendo sido construídas em todo o mundo produtora solares com uma capacidade total de 71 GW, quase 50% a mais do que em 2015. Em seguida vem a energia eólica (51 GW), hidráulica (30 GW), de biomassa (9 GW) e geotérmica (1 GW).

Até ao final de 2016 a capacidade de geração de energias renováveis em todo o mundo era de 2.006 GW, mais do que o dobro de há dez anos. A transformação da matriz energética mundial é incentivada sobretudo pelo custo actualmente baixo da produção eólica e solar. Na última década, cerca de 80% da energia renovável gerada recai sobre estas duas fontes.

Renováveis com mais empregos e prosperidade

Desde 2009 o preço da electricidade gerada por produtoras eólicas caiu cerca de um terço, e a por centrais solares, aproximadamente 80%. A electricidade gerada pelas novas instalações é em geral mais barata do que a de companhias convencionais a diesel, carvão, gás e nuclear.

De acordo com dados da Irena, o forte crescimento das energias renováveis tem também outros efeitos positivos. "Elas são muito lucrativas e geram alguns benefícios socioeconómicos, como a criação de novos empregos. Além disso, há melhoria do bem-estar das pessoas e do meio ambiente", diz Adnan Amin.

Alerta que, para atingir as metas climáticas mundiais acordadas em Paris, o ritmo da expansão deveria ser acelerado. "Essa dinâmica exige investimentos adicionais para a descarbonização do sector de energia. Os novos dados são um sinal encorajador de que estamos no caminho certo, mas há ainda muito a fazer."

Ásia cresce e Europa fica para trás

Nos últimos anos, o principal motor da expansão global de energia renovável foi a Ásia, com a China decididamente na dianteira. Segundo dados da Irena, o país asiático construiu em 2016 centrais eólicas com capacidade total de 19 GW, seguido a distância pelos EUA (9 GW), Alemanha (5 GW) e Índia (4 GW).

Em relação à energia solar, o ritmo na Ásia é ainda maior. Com a construção de fábricas com a capacidade de 50 GW no ano passado, o continente respondeu por cerca de 70% do crescimento mundial. Foram instalados painéis solares com capacidade de 34 GW na China, 8 GW no Japão, 8 GW nos EUA, e 4 GW na Índia.

Como precursores na expansão das renováveis, a Europa e, em particular, a pioneira Alemanha continuam caindo na ampliação desses tipos de energia. No Velho Continente foram instalados apenas 5 GW de energia solar, na Alemanha apenas 1 GW. Como motivo para a diminuição, especialistas vêem, sobretudo, a pressão das empresas de energia convencional na política do sector.

"Há um forte movimento contra a energia renovável. Os sectores fóssil e nuclear tentam sustar sua expansão, que prejudicam o modelo de negócios deles", diz Stefan Gsänger, secretário-geral da Associação Mundial de Energia Eólica (WWEA), em entrevista à DW.

Electricidade para mais 300 milhões de seres humanos

Pela primeira vez, o relatório de estatísticas da Irena divulgou também dados especiais sobre os assim chamados "sistemas off-grid" – sistemas isolados, não conectados à rede eléctrica e auto sustentados por baterias ou geradores.

Mais de 1 bilhão dos habitantes do planeta não têm acesso a redes eléctricas, principalmente em regiões remotas. Nesses locais desenvolveu-se, nos últimos anos, uma forte dinâmica, principalmente em relação à energia fotovoltaica.

No fim de 2016, a capacidade de energia solar ‘off-grid’  nessas regiões era de 1,4 GW, cinco vezes mais do que em 2011. Em geral trata-se de sistemas bem pequenos, com baterias que fornecem energia para uma aldeia ou casa durante a noite, permitindo a muitos o acesso à electricidade. Esses sistemas têm grande sucesso especialmente em África e Ásia, com a Índia, Bangladesh, Argélia e África do Sul na linha de frente, segundo dados da Irena.

Na Índia há, ainda, uma forte expansão de bioenergia para fornecimento eléctrico local. As instalações construídas em aldeias em 2016 totalizam quase 1 GW, 200 vezes mais do que no ano anterior. Segundo estimativas da Irena, até 60 milhões de famílias ou 300 milhões de pessoas têm acesso à energia através de sistemas ‘off-grid’.

Com DW.

Tema SportKriol
Monday, March 27, 2017 Antonio Tavares Modalidades 98
O Governo cabo-verdiano promete políticas públicas e medidas proactivas de sensibilização e socialização para maior participação das mulheres na liderança das associações desportivas.
Friday, March 24, 2017 Antonio Tavares Auto Motor 65
O automobilismo volta em grande estilo com início do Mundial da Fórmula 1 no Grande Prémio da Austrália. Mercedes é favorito, mas Ferrari e Red Bull não vão facilitar. No entanto, Lewis Hamilton deu provas na pré-temporada em Montmeló.
Friday, March 24, 2017 Antonio Tavares Auto Motor 62
A Honda já fala num novo motor para o McLaren de Fernando Alonso, ainda sem a realização do Grande Prémio da Austrália. Dentro de dois meses o bólide poderá ter mais potência para fazer face ao favoritismo 'absoluto' de Lewis Hamilton.
Tema TicKriol
20 December 2016 Administrator Ciência 136
Sondas fluorescentes em nanoescala que ligam na presença de células cancerosas ajudaram cirurgiões a remover tumores em ratos sem danificar tecidos saudáveis, de acordo com um estudo publicado na segunda-feira.
16 December 2016 Administrator Jogos & Consolas 145
Lançado na última quinta-feira, 15 de Dezembro, Super Mario Run tem chamado a atenção de diversos jogadores, e uma prova disso é a quantidade de 'downloads' que já foram realizados, nada mais nada menos do que 2,85 milhões de vezes.
16 December 2016 Administrator APPS 150
A Microsoft vai transformar Skype numa ferramenta de comunicação instantânea tão popular quanto Facebook, Messenger, o Whatsapp e os Google Allo e Hangouts. A companhia pretende funcionalidades mais interessantes para dispositivos móveis.
Tema TurisKriol
Thursday, December 15, 2016 Administrator TURISKRIOL 161
Os investimentos do ‘The Resort Group PLC’ com o valor acumulado de mais de 250 milhões de euros, minimizaram os fracos resultados macroeconómicos de Cabo Verde que seriam piores, considera Victor Fidalgo, administrador do grupo.
Monday, August 29, 2016 Administrator TURISKRIOL 183
As obras do projecto turístico integrado do Ilhéu de Santa Maria e da Gamboa, na cidade da Praia, prosseguem e têm atraído a atenção dos praienses que se deslocam ao local para ver o homem a desventrar a baía entrando com terra pelo mar adentro.
Friday, August 12, 2016 Administrator TURISKRIOL 205
O número de hóspedes em Cabo Vede aumentou atingindo 132443 no segundo semestre de 2016, um acréscimo de 13,9 por cento face ao trimestre homólogo, com Sal a liderar a lista das ilhas mais procuradas pelos turistas.
Tema CultuKriol
Monday, August 22, 2016 Administrator CULTUKRIOL 1477
O festival musical de Curraletes, na praia do mesmo nome no porto Novo de Santo Antão, encerrou o pano com o público, a organização a atribuir nota positiva ao certame organizado em tempo de campanha com 4 mil contos (37 mil euros).
Sunday, August 14, 2016 Administrator CULTUKRIOL 1466
O espectáculo ficou favorecido na Baía das Gatas com o remate de Grace Évora e Jorge Neto, depois das entradas triunfais do ‘velho’ Tubarões, do grupo Carnaval, Tó Semedo e Loony Johnson, imagine os gritos, a folia e saltos ‘até ao céu’.

REDE VERDE

2016 recordista na produção da energia renovável e China lidera

Com 80% da produção total, produtoras de energia solar e eólica promovem expansão das fontes renováveis. A Europa ficou para trás no crescimento dessas energias e a China assume a liderança entre países.

REDE NEGÓCIOS

Empresários cabo-verdianos querem internacionalizar seus negócios

Empresários, empreendedores, administradores, gestores, quadros técnicos e consultores participam, em Outubro, numa formação sobre “Preparação e estratégia para internacionalização”, promovida pela Câmara de Comércio do Barlavento (CCB).

REDE SAÚDE

OMS recomenda abstinência sexual para quem esteve nas zonas zika

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou, esta semana, aos homens e mulheres, que estiveram nas áreas onde há transmissão activa do vírus Zika, à pratica do sexo seguro ou manter uma abstinência por seis meses.

ARTIGOS DE OPINIÃO

África sem Mandela - Um monólogo de Corsino Tolentino

Como falar da dimensão simbólica de Nelson Mandela, nascido no dia 18 de Julho de 1918 e falecido no dia 5 de Dezembro de 2013, 95 anos depois?

ENTREVISTA

Notável clarinetista cabo-verdiano de nome Cesário Duarte "Cesário Boca"

Compôs uma música em tributo a um compadre. Na hora “H” muda o refrão, coloca seu nome por receio à zanga do compadre.

EDITORIAL

Viajar no tempo das máquinas de escrever com Overtype

Overtype é um site que simula a utilização de uma máquina de escrever dos tempos idos num moderno computador.